PROFESSOR ALUNO    
ATENDIMENTO: (75) 3626-0977 | 3626-3529 | 99711-1194 | Whatsapp 98191-9161

A Faculdade

IDENTIFICAÇÃO

Mantida: 

A FACULDADE CATÓLICA DE FEIRA DE SANTANA se caracteriza como sendo uma sociedade civil de direito privado com fins educacionais e sem fins lucrativos que se rege pela legislação específica em vigor, por seu regimento interno, pelas orientações da Igreja Católica e da Arquidiocese de Feira de Santana, sua mantenedora.

Mantenedora: 

ARQUIDIOCESE DE FEIRA DE SANTANA é uma entidade religiosa sem fins lucrativos, estabelecida na Cidade de Feira de Santana, no Estado da Bahia, qualificada com notória relevância religiosa, histórico-cultural e sócio-político no cenário local, regional e nacional, visando aperfeiçoar e difundir a educação e a cultura, segundo os princípios e valores da tradição intelectual e humanística cristã, dentre outros, amparada em seu documento de constituição que também possibilita estabelecer, criar, organizar e manter estabelecimentos de ensino, isolados, independentes e/ou sob forma de colégios, institutos, faculdades, centros universitários ou universidades, além de promover iniciativas de caráter religioso, educacional, social, cultural e científico de apoio à comunidade.

Portaria de Credenciamento:  Portaria nº 429 de 29 de abril de 2015, publicada no DOU de 30/04/2015

Dirigente Principal: Dom Zanoni Demettino Castro

 

NOSSA HISTÓRIA

FACULDADE CATÓLICA DE FEIRA DE SANTANA:
TRADIÇÃO EM EDUCAÇÃO DE QUALIDADE À SERVIÇO DA SOCIEDADE

A Faculdade Católica de Feira de Santana é uma instituição particular de Ensino Superior que tem como mantenedora a Arquidiocese de Feira de Santana, inicialmente, denominada Faculdade Arquidiocesana de Feira de Santana. Começou suas atividades no dia 6 de março de 2004, com a oferta do curso livre de Teologia voltado para à formação de candidatos ao sacerdócio católico (padre) e leigos interessados em atuar na ação pastoral e missionária em consonância aos princípios e valores observados pela Igreja católica, suas diretrizes educacionais e em perfeita coerência e observância da legislação da educação do nosso país.

Depois de 10 anos de existência, Faculdade Católica de Feira de Santana abre-se a todos os públicos e através dos seus cursos de graduação (Administração, Filosofia e Teologia) e pós-graduação autorizados pelo MEC, investindo na formação de profissionais qualificados para o mercado de trabalho e na formação da pessoa em todas as suas dimensões, bem como para o exercício pleno da cidadania.

A Faculdade Católica de Feira de Santana insere-se na longa tradição da Igreja Católica no campo da educação e que com esta atividade tem contribuído bastante para o bem das pessoas e das comunidades onde quer que se encontrem. Em cada canto deste mundo é possível encontrar uma faculdade ou universidade católica sempre reconhecida pela seriedade e responsabilidade com que conduz o processo educativo. Muito mais do que ensinar uma profissão e formar profissionais qualificados para atuarem no mercado de trabalho, a nossa Faculdade, à semelhança das outras instituições de ensino católico, na sua fundamentação, pretende colocar em prática a missão da Igreja no campo da educação.

A missão da Igreja da Igreja campo educacional se traduz, concretamente, no propósito de “promover uma cultura mais profunda e formar os estudantes, de modo a que se tornem homens e mulheres de grande saber, preparados para enfrentar tarefas de maior responsabilidade na sociedade e para serem também no mundo testemunhas da fé” (Concilio Vaticano II, Declaração Gravissimum Educationis, 10).

Ao longo da sua existência a Arquidiocese de Feira de Santana sempre teve uma preocupação com a formação dos sacerdotes, bem como de todo o povo de Deus. Já no governo de Dom Jackson Berenguer Prado (1962 – 1971) foram criados centros de pastoral para a formação do laicato. Com Dom Silvério Jarbas Paulo Albuquerque (1973 -1995), incrementou-se a obra pelas vocações, contribuindo decisivamente para a formação de um clero nativo. Com ele ganhou fôlego a ideia de trazer a formação dos seminaristas para Feira de Santana. Tal projeto somente se concretizou a partir de Dom Itamar Vian (1995 – 2015), que recebeu o apoio dos bispos da Província Eclesiástica, da Nunciatura e do Santo Padre para sua realização.

Com a criação da Província Eclesiástica de Feira de Santana[1] em 2002, o projeto de construção da Faculdade foi aos poucos se consolidando com o apoio e colaboração dos fiéis das paróquias da Arquidiocese de Feira de Santana e outras entidades. Em seguida, concretizou-se também a construção dos seminários Santana Mestra da Arquidiocese de Feira Santana e os seminários das dioceses de Paulo Afonso, Irecê, Barra, Ruy Barbosa e Serrinha.  A construção dos seminários das dioceses membros da arquidiocese nas imediações do edifício da Faculdade Católica representou um momento importante para a formação intelectual dos candidatos ao sacerdócio, uma vez que condições materiais para a comunhão entre as dioceses da província eclesiástica no que se refere a formação intelectual dos seus seminaristas, tendo como referência a Faculdade Católica de Feira de Santana, na época ainda denominada como Faculdade Arquidiocesana de Feira de Santana.

Após 8 (oito) anos de atividades, com um corpo docente organizado e uma infraestrutura adequada e consolidada, especialmente, no que se refere à biblioteca, os bispos da província eclesiástica e dirigentes da Faculdade depois de várias reuniões e discussões sobre o assunto decidiram que a Faculdade poderia prestar um grande serviço não só a Igreja, mas a toda comunidade a partir de outros cursos afinados a nossa missão, assim oferecendo uma sólida formação profissional de base cristã e humanística para todos os que se interessarem por esta área. Em 2010 foi autorizado pelo Conselho Presbiteral arquidiocesano a emancipação da Faculdade Arquidiocesana de Feira de Santana que passou a denominar-se Faculdade Católica de Feira de Santana. E no ano de 2012, requeremos juntos ao MEC credenciamento da instituição e a autorização de seus cursos de Filosofia, Teologia e Administração.

No mês de abril de 2015 a Faculdade Católica de Feira de Santana foi credenciada[2] e no mês de junho deste mesmo ano teve os seus cursos de Teologia, Filosofia e Administração autorizados pelo MEC[3]. A partir desta habilitação legal a Faculdade pauta-se pelo objetivo de formar profissionais qualificados no seu campo específico de trabalho, capazes de se adaptarem às exigências que emergem do mercado de trabalho e de responderem as demandas sempre novas advindas do contexto sócio, cultural e econômicos em que se encontram. Tal objetivo, entretanto, não se resume a formar apenas profissionais capacitados, mas também educar e formar cidadãos, por meio da geração e da partilha do saber, a partir de valores éticos e princípios como dignidade, liberdade, respeito, solidariedade e responsabilidade, para que sejam pessoas críticas, criativas, responsáveis e capazes de contribuir na construção de uma sociedade mais humana, justa e solidária.

A Faculdade Católica de Feira de Santana encontra seu fundamento institucional na mensagem do Evangelho de Jesus Cristo e nos ensinamentos da Igreja Católica e a partir deste referencial que a concretiza ambiciona ser, uma Instituição de Ensino Superior de referência na formação filosófica, teológica e humanística, de caráter cristão, em todos os níveis e espaços de sua atuação, aberta a todos os interessados que desejam construir e solidificar seus conhecimentos nestas áreas do saber humano.

_________________________________

[1] Província Eclesiástica é um modo de organização da Igreja Católica Apostólica Romana para melhor organização administrativa e pastoral de uma determinada região a partir do agrupamento de várias dioceses com base em critérios geográficos e pastorais mais ou menos em comum entre elas. O objetivo é proporcionar a comunhão entre as dioceses próximas. Uma província eclesiástica, portando todas a dioceses de uma região, assim a Arquidiocese de Feira de Santana é composta pelas dioceses Barra, Barreiras, Bonfim, Irecê, Juazeiro, Paulo Afonso, Ruy Barbosa e Serrinha. Quem governa e coordena é um bispo denominado de metropolita, ou arcebispo, o nosso arcebispo atual é Dom Zanoni Demettino Castro.

[2] Portaria de Credenciamento:  Portaria nº 429 de 29 de abril de 2015, publicada no DOU de 30/04/2015.

[3] Autorização do Cursos de Graduação: Portaria MEC nº 445 de 02/06/2015 publicada no DOU em 03/06/2015.

VEJA TAMBÉM

© 2015 Faculdade Católica de Feira de Santana - Todos os Direitos Reservados.